Toyota Etios: Dirigir o veículo

Os procedimentos abaixo deverão ser observados para garantir a condução segura.

Partida do motor

Dirigir

Transmissão automática

  1. Com o pedal de freio pressionado, mova a alavanca de mudança de marcha à posição D.
  2. Libere o freio de estacionamento.
  3. Gradualmente libere o pedal de freio e pressione levemente o pedal do acelerador para acelerar o veículo.

Transmissão manual

  1. Com o pedal da embreagem pressionado, mova a alavanca de mudança de marcha à posição 1.
  2. Libere o freio de estacionamento.
  3. Gradualmente libere o pedal da embreagem. Ao mesmo tempo, pressione levemente o pedal do acelerador para acelerar o veículo.

Parar o veículo

Transmissão automática

  1. Com a alavanca de mudança de marcha posicionada em D, pressione o pedal de freio.
  2. Se necessário, aplique o freio de estacionamento. Para estacionar o veículo durante um longo período, posicione a alavanca de mudança de marcha em P ou N.

Transmissão manual

  1. Com o pedal da embreagem pressionado, pressione o pedal de freio.
  2. Se necessário, aplique o freio de estacionamento.

Estacionar o veículo

Transmissão automática

  1. Posicione a alavanca de mudança de marcha em D e pressione o pedal de freio.
  2. Aplique o freio de estacionamento.
  3. Posicione a alavanca de mudança de marcha em P. Ao estacionar em um aclive, calce as rodas se necessário.
  4. Posicione a chave de ignição em "LOCK" para desligar o motor.
  5. Trave a porta, certificando-se de manter a chave em seu poder.

Transmissão manual

  1. Com o pedal da embreagem pressionado, pressione o pedal de freio.
  2. Aplique o freio de estacionamento.
  3. Posicione a alavanca de mudança de marcha em N. Ao estacionar em um aclive, posicione a alavanca de mudança de marcha em 1 ou R e calce as rodas se necessário.
  4. Posicione a chave de ignição em "LOCK" para desligar o motor.
  5. Trave a porta, certificando-se de manter a chave em seu poder.

Partida em aclive acentuado

Transmissão automática

  1. Certifique-se de que o freio de estacionamento esteja aplicado e posicione a alavanca de mudança de marcha em D.
  2. Pressione levemente o pedal do acelerador.
  3. Libere o freio de estacionamento.

Transmissão manual

  1. Com o freio de estacionamento aplicado firmemente e o pedal da embreagem totalmente pressionado, posicione a alavanca de mudança de marcha em 1.
  2. Pressione levemente o pedal do acelerador e ao mesmo tempo, gradualmente libere o pedal da embreagem.
  3. Libere o freio de estacionamento.

Dirigir na chuva

Rotação do motor durante a condução (veículos com transmissão automática)

Nas condições abaixo, a rotação do motor poderá tornar-se alta durante a condução. Isto acontece devido à implementação do controle de mudança automática ascendente e descendente para atender às condições de condução. Isto não indica aceleração súbita.

Amaciamento do seu Toyota novo

Para aumentar a vida útil do veículo, observe as precauções recomendadas abaixo:

  • Não dirija em velocidades excessivamente altas.
  • Evite acelerações repentinas.
  • Não dirija continuamente em marchas baixas.

Dirigir o veículo em outro país

Observe as normas para licenciamento do veículo e confirme a disponibilidade do combustível recomendado.

ATENÇÃO

Ao acionar a partida do veículo (veículos com transmissão automática)

Sempre mantenha o pé no pedal de freio se o veículo estiver parado enquanto o motor estiver funcionando. Isto evitará a movimentação do veículo.

Ao dirigir o veículo

  • Não dirija se não estiver familiarizado com a posição dos pedais de freio e do acelerador para evitar pressionar o pedal incorreto.
  • Pressionar acidentalmente o pedal do acelerador ao invés do pedal de freio irá causar aceleração repentina, o que poderá resultar em acidente com ferimentos graves ou fatais.
  • Ao dirigir em ré, você poderá girar o corpo, o que dificulta o controle dos pedais. Esteja atento ao usar os pedais corretamente.
  • Mantenha a postura correta ao dirigir, mesmo que seja apenas para mover levemente o veículo. Isto permitirá acionar os pedais de freio e do acelerador corretamente.
  • Pressione o pedal de freio com o pé direito. Pressioná-lo com o pé esquerdo poderá retardar a resposta em caso de emergência, resultando em acidentes graves ou fatais.
  • Não dirija o veículo sobre ou próximo de materiais inflamáveis. O sistema de escapamento e os gases do escapamento poderão estar extremamente quentes. Isto poderá resultar em incêndio se houver materiais inflamáveis nas proximidades.
  • Se houver odores dos gases do escapamento no interior do veículo, abra os vidros e verifique se o porta-malas ou a porta traseira está fechada. A presença de grandes quantidades de gases do escapamento no veículo poderá causar sonolência ao motorista, resultando em acidente fatal ou sério risco à saúde. Providencie a inspeção imediata do veículo em uma Concessionária Autorizada Toyota.
  • Nos veículos com transmissão automática, não deixe o veículo mover para trás enquanto a alavanca de mudança de marcha estiver na posição de condução, nem mover para frente enquanto a alavanca estiver posicionada em R.  Isto poderá resultar em desligamento do motor ou desempenho insatisfatório dos freios ou da direção, resultando em acidentes graves ou fatais, ou ainda danos ao veículo.
  • Nos veículos com transmissão automática, não posicione a alavanca de mudança de marcha em P enquanto o veículo estiver em movimento. Isto poderá resultar em danos ao sistema da transmissão e em perda de controle do veículo.
  • Não posicione a alavanca de mudança de marcha em R enquanto o veículo estiver em movimento. Isto poderá resultar em danos ao sistema da transmissão e em perda de controle do veículo.
  • Não posicione a alavanca de mudança de marcha numa posição de condução enquanto o veículo estiver sendo conduzido em ré. Isto poderá resultar em danos ao sistema da transmissão e em perda de controle do veículo.
  • Ao posicionar a alavanca de mudança de marcha em N enquanto o veículo estiver em movimento irá desengatar o motor da transmissão. O freio-motor não está habilitado quando N estiver selecionado. Não desligue o motor durante a condução. Se o motor for desligado durante a condução, o controle de frenagem e da direção estarão funcionando, porém os sistemas de assistência hidráulica da direção e servo-freio não estarão disponíveis. Isto tornará mais difícil frear e esterçar portanto, desacelere e pare o veículo assim que possível. Entretanto, em caso de emergência, como por exemplo, se for impossível parar o veículo da maneira convencional:
  • Use o freio-motor (redução) para manter a velocidade segura durante a condução em declive íngreme. O uso dos freios continuamente poderá resultar em superaquecimento dos freios e perda da efetividade.
  • Não ajuste as posições do volante de direção, banco, ou espelhos retrovisores interno e externo durante a condução. Isto poderá resultar em perda do controle do veículo, causando acidentes com ferimentos graves ou fatais.
  • Sempre verifique se os braços, cabeça ou outras partes do corpo dos passageiros não estão fora do veículo, uma vez que poderão ocorrer ferimentos graves ou fatais.

Dirigir em superfícies escorregadias

  • A frenagem, aceleração e esterçamento súbitos poderão causar derrapagem dos pneus e reduzir a sua capacidade para controlar o veículo, resultando em acidentes.
  • Acelerações, uso do freio-motor devido à mudança de marcha, ou alterações de rotação do motor súbitas poderão causar patinamento do veículo, resultando em acidentes.
  • Após dirigir em poças de água, pressione levemente o pedal de freio para certificar-se de que os freios estejam funcionando corretamente. As pastilhas de freio úmidas poderão impedir a operação correta dos freios. Se os freios em um lado estiverem úmidos e não funcionarem corretamente, o controle da direção poderá ser afetado, resultando em acidente.

Posicionamento da alavanca de mudança de marcha (veículos com transmissão automática)

Esteja atento para não mudar a posição da alavanca de mudança de marcha com o pedal do acelerador pressionado. Ao posicionar a alavanca de mudança de marcha exceto em P ou N, poderá resultar em aceleração rápida e inesperada do veículo, ocasionando acidentes e ferimentos graves ou fatais.

Se ouvir um rangido ou ruído do tipo "raspar" (indicadores de desgaste das pastilhas de freio)

Providencie a inspeção e substituição das pastilhas de freio em uma Concessionária Autorizada Toyota assim que possível.

Se as pastilhas não forem substituídas quando necessário, poderá resultar em danos ao rotor.

É perigoso dirigir o veículo quando os limites de desgaste das pastilhas de freio e/ou discos de freio forem excedidos.

Quando o veículo estiver parado

  • Não acelere o motor. Se a transmissão estiver posicionada em qualquer posição exceto P (apenas transmissão automática) ou N, o veículo poderá acelerar inesperada e repentinamente, podendo resultar em acidentes.
  • Não deixe o veículo durante um longo período com o motor funcionando. Se isto não puder ser evitado, estacione o veículo em uma área aberta e certifique-se de que os gases do escapamento não entrem no veículo.
  • Nos veículos com transmissão automática: Para evitar acidentes causados pela movimentação do veículo, sempre mantenha o pedal de freio pressionado enquanto o motor estiver funcionando, e aplique o freio de estacionamento se necessário.
  • Se o veículo estiver parado em um aclive/declive, para evitar acidentes causados pela movimentação do veículo para frente ou para trás, sempre pressione o pedal de freio e aplique firmemente o freio de estacionamento se necessário.
  • Evite acelerações ou rotações excessivas ao motor. Ao acelerar o motor em altas rotações enquanto o veículo estiver parado, poderá causar superaquecimento no sistema de escapamento, resultando em incêndio se houver materiais inflamáveis nas proximidades.

Quando o veículo estiver estacionado

  • Não deixe óculos, isqueiros, latas de spray ou latas de refrigerante no veículo expostos ao sol.

    A negligência poderá resultar em:

  • Os gases poderão vazar do isqueiro ou latas e poderá resultar em incêndio.
  • A temperatura interna do veículo poderá causar deformação ou trincas em lentes e materiais de plástico dos óculos.
  • As latas de bebidas poderão romper, derramando seu conteúdo no interior do veículo, e resultando em curto-circuito aos componentes elétricos do veículo.
  • Não deixe isqueiros no veículo. Se um isqueiro estiver num local como o porta-luvas ou no assoalho, poderá acender acidentalmente quando a bagagem for carregada ou o banco for ajustado, causando um incêndio.
  • Não cole adesivos nos vidros ou para-brisa. Não coloque recipientes, como aromatizadores de ar no painel de instrumentos ou painel. Os adesivos ou recipientes podem atuar como lentes, causando um incêndio no veículo.
  • Não deixe uma porta ou vidro aberto se os vidros curvos forem revestidos com uma película metalizada, como por exemplo, prateada. A luz solar refletida pode fazer o vidro atuar como uma lente, causando um incêndio.
  • Sempre aplique o freio de estacionamento, posicione a alavanca de mudança de marcha em P (apenas transmissão automática), desligue o motor e trave o veículo. Não deixe o veículo desacompanhado enquanto o motor estiver funcionando.
  • Não toque no tubo de escapamento enquanto o motor estiver funcionando ou imediatamente após desligar o motor. Isto poderá resultar em queimaduras.
  • Não deixe o motor funcionando em uma área onde haja acúmulo de neve, ou onde possa nevar. Se houver acúmulo de neve ao redor do veículo enquanto o motor estiver funcionando, os gases do escapamento poderão acumular e entrar no veículo. Isto poderá resultar em morte ou riscos graves à saúde.

Gases do escapamento

Os gases do escapamento incluem o monóxido de carbono (CO) que é nocivo, incolor e inodoro. Inalar os gases do escapamento poderá resultar em morte ou riscos graves à saúde.

  • Se o veículo estiver em uma área mal ventilada, desligue o motor. Em local fechado, como em uma garagem, poderá haver acúmulo e entrada de gases no veículo. Isto poderá resultar em morte ou riscos graves à saúde.
  • O sistema de escapamento deverá ser verificado periodicamente. Se houver algum furo ou trinca resultante de corrosão, danos em alguma emenda ou ruídos anormais no escapamento, providencie a inspeção do veículo em uma Concessionária Autorizada Toyota. A negligência poderá permitir a entrada dos gases do escapamento no veículo o que poderá resultar em morte ou riscos graves à saúde.

Para descansar no interior do veículo

Sempre desligue o motor. Caso contrário, você poderá mover acidentalmente a alavanca de mudança de marcha ou pressionar o pedal do acelerador, o que poderá resultar em acidentes ou incêndio devido ao superaquecimento do motor. Além disso, se o veículo estiver estacionado em um local pouco ventilado, os gases do escapamento poderão acumular e entrar no veículo resultando em morte ou riscos graves à saúde.

Para frear o veículo

  • Dirija com mais cautela quando os freios estiverem úmidos. A distância necessária para frenagem será maior quando os freios estiverem úmidos, e em um lado a frenagem do veículo poderá ser diferente da frenagem no outro lado. Além disso, o freio de estacionamento poderá não ser suficiente para parar o veículo seguramente.
  • Se a função de assistência dos freios não funcionar, não dirija muito próximo de outros veículos, e evite descidas ou curvas acentuadas que exijam a frenagem. Neste caso, a frenagem ainda será possível, mas exigirá maior esforço no pedal do que o normal. A distância de frenagem também poderá aumentar. Providencie o reparo dos freios imediatamente.
  • Não bombeie o pedal do freio se o motor morrer. Cada impulso no pedal de freio consome a reserva de pressão do freio assistido.
  • O sistema de freio consiste de 2 sistemas hidráulicos individuais; se um dos sistemas apresentar uma impropriedade, o outro ainda funcionará. Neste caso, o pedal de freio deverá ser pressionado mais firmemente do que o usual e a distância de frenagem será maior. Caso isto ocorra, não dirija o veículo. Providencie o reparo dos freios imediatamente.

Providencie o reparo dos freios imediatamente.

NOTA

Ao dirigir o veículo

    Veículos com transmissão automática

  • Não pressione os pedais do acelerador e freio simultaneamente durante a condução, uma vez que isto poderá restringir o torque de condução.
  • Não utilize o pedal do acelerador ou pressione os pedais do acelerador e do freio simultaneamente para reduzir a velocidade do veículo em um aclive.

    Veículos com transmissão manual

  • Não pressione os pedais do acelerador e freio simultaneamente durante a condução, uma vez que isto poderá restringir o torque de condução.
  • Não mude as marchas exceto se o pedal de embreagem estiver totalmente pressionado. Após a mudança, não libere a embreagem subitamente. Isto poderá danificar a embreagem, a transmissão e as engrenagens.
  • Observe as precauções abaixo para evitar danos à embreagem.
  • Não dirija mantendo o pé no pedal da embreagem. Isto poderá danificar a embreagem.
  • Quando o veículo estiver parado e for necessário iniciar um movimento para a frente, utilize sempre a primeira marcha. O uso de outras marchas para iniciar o movimento para frente poderá danificar a embreagem.
  • Não use a embreagem para segurar o veículo ao estacionar em aclive. Isto poderá danificar a embreagem.
  • Não posicione a alavanca de mudança de marcha em R enquanto o veículo estiver em movimento. Isto poderá danificar a embreagem, a transmissão e as engrenagens.

Ao estacionar o veículo (veículos com transmissão automática)

Sempre posicione a alavanca de mudança de marcha em P. A negligência poderá resultar em movimento do veículo ou aceleração súbita se o pedal do acelerador for pressionado acidentalmente.

Para evitar danos aos componentes do veículo

  • Não esterce o volante de direção totalmente em qualquer sentido e mantenha-o nesta posição durante um longo período. Isto poderá causar uma impropriedade no sistema de assistência à direção.
  • Ao passar sobre obstáculos na pista, dirija o mais lentamente possível, a fim de evitar danos às rodas, extremidade inferior do veículo, etc.

Se um pneu furar durante a condução

Um pneu furado ou danificado poderá exigir as situações abaixo. Segure o volante de direção firmemente e gradualmente pressione o pedal de freio para reduzir a velocidade do veículo.

  • Poderá ser difícil controlar o seu veículo.
  • Poderá haver ruídos anormais no veículo.
  • O comportamento do veículo poderá ser anormal. Informações sobre o que fazer se um pneu furar.

Dirigir em superfícies alagadas

Não dirija em pista alagada após chuva forte, etc. Isto poderá resultar em danos graves ao veículo, como:

  • Desligamento do motor
  • Curto-circuito em componentes elétricos
  • Danos ao motor causados pela entrada de água Se estiver dirigindo sobre pista alagada e o veículo for inundado, providencie a inspeção abaixo em uma Concessionária Autorizada Toyota.
  • Funcionamento dos freios
  • Quantidade e qualidade do óleo e fluido utilizados no motor, transmissão, etc.
  • Condição de lubrificação dos rolamentos e juntas da suspensão (quando possível) e funcionamento desses componentes.
Veja também:

Citroen C3. Acendimento automático das luzes
Através de um sensor de luminosidade, em caso de detecção de uma luminosidade externa fraca, as luzes da chapa de matrícula, de presença e de cruzamento acendem-se automaticamente, sem acção do condutor. Podem, igualmente, acender-se em caso de d ...

Citroen C3. Regulação da distribuição do ar
Pode modular a distribuição de ar no habitáculo através destas três teclas. Pára-brisas. Ventiladores centrais e laterais. Pés dos ocupantes. Cada pressão numa tecla activa ou desactiva a função. As três te ...

Modelos



Todos os direitos reservados: © 2020 www.portalmanual.org 0.0459